» » Exercício Anaeróbico: tudo o que você precisa saber

Exercício Anaeróbico: tudo o que você precisa saber

Exercício Anaeróbico significa “sem ar” e é um exercício de curta duração e alta intensidade, ou seja, ele se refere à geração de energia do tecido vivo. Esse exercício é capaz de produzir energia, mas sem a presença do oxigênio. São usados geralmente pelos atletas que querem desenvolver força na construção da massa muscular. Diferente dos exercícios aeróbicos que incluem atividades de longo período e com menor intensidade.

Sendo assim, a principal diferença entre exercícios aeróbicos (com oxigênio) e exercícios anaeróbicos (sem oxigênio), são que nos aeróbicos você irá queimar mais calorias se exercitando lentamente. E nos anaeróbicos você irá mexer mais com os movimentos musculares. Os dois se referem ao caminho que a energia vai seguir na prática dos exercícios.

Se a sua intenção é queimar gordura sem grandes esforços, você precisa fazer um aeróbico, onde elas precisarão do oxigênio para “queimarem”. Neste caso, você vai precisar aumentar o seu ritmo gradualmente por longos períodos de tempo. Esses exercícios são feitos lentamente, pois eles precisam do fornecimento de oxigênio para as células musculares.

Para perder peso, os anaeróbicos são bem indicados, eles queimam mais calorias. Com um movimento mais rápido acompanhado de um esforço maior, você irá queimar mais calorias. Porém, como o oxigênio não vai atingir as células musculares, elas irão utilizar os hidratos de carbono como sendo a maior fonte de energia. Assim, quando não estiver mais se exercitando, a queima de gordura continuará nas células.

Se você pratica exercícios aeróbicos e anaeróbicos, é bom intercalá-los, pois cada um traz mudanças adaptativas ao corpo que acabam por “brigar” entre si.

São muitos os benefícios que os anaeróbicos oferecem. Entre eles estão as reduções de gordura, o aumento de força e da resistência dos tendões e também dos ligamentos e o aumento da massa muscular. O ideal é realizar essa atividade em uma média de 60 minutos, com a prática máxima de até quatro vezes na semana com uma mínima de duas.

O exercício anaeróbico inclui qualquer atividade de movimentos rápidos, de alto índice de esforço, como o sprint, saltos, musculação, campeonato de natação, corrida de 100 metros, flexão, pilates, agachamento, yoga, salto e outros. E podem ser de dois tipos: lento (sem ou com carga como a ginástica localizada, por exemplo) e velocidade (natação ou corrida).

Um exercício Anaeróbico é indicado para atletas que querem ganhar músculos (massa magra) ou mesmo acelerar o metabolismo reduzindo o peso e implementar a massa muscular (hipertrofia).

Existem dois tipos de geração de energia anaeróbica. O ácido lático (também conhecida como glicose anaeróbia) que faz uso da glicose na ausência do oxigênio, sendo utilizado nos músculos na forma de glicogênio. E o ATP-CrP que tem como principal fonte de energia a creatina fosfatada, armazenando e gerando energia nos músculos.

Dica: respeite sempre o limite do seu corpo, se adaptando a rotina e sem exageros no peso. Lembre-se de dar pausas para descansar e recuperar a massa muscular. Nesse período, aproveite para fazer o treino regenerativo. Ele serve para regenerar as fibras musculares, remover o excesso de ácido lático que o organismo produz e ativar a circulação.

Muitos exercícios, dependendo do esforço, você poderá fazer tanta de forma aeróbico como exercício Anaeróbico. Um deles é andar, ou seja, na medida que você vai aumentando a velocidade, você também estará mudando a forma de se exercitar.

Atualizado em: 21/08/2018 na categoria: Treino de Musculação

Aceita Receber os melhores e mais novos exercícios?