» » O Que é Anabolismo e Catabolismo?

O Que é Anabolismo e Catabolismo?

Anabolismo e catabolismo fazem parte do metabolismo e são processos opostos. Enquanto o anabolismo é responsável pelo crescimento, regeneração e manutenção dos diversos tecidos e órgãos presentes no organismo, como o tecido muscular, o catabolismo é a fase do metabolismo onde o organismo libera e consome energia através do desmembramento de moléculas mais complexas.

O metabolismo envolve todos os processos químicos de transformação de substâncias que acontecem dentro das células para nos fornecer energia e crescimento dos músculos, por exemplo.

O que é anabolismo?

Como já foi dito, o anabolismo é responsável pelo crescimento, regeneração e manutenção dos diversos tecidos e órgãos presentes no organismo, como o tecido muscular.

Trata-se da fase do metabolismo onde moléculas mais complexas são sintetizadas a partir de moléculas menos complexas (substratos).

Um exemplo deste processo anabólico reside na síntese de proteínas dentro do tecido muscular a partir dos aminoácidos, o que resulta no ganho de músculos, e na formação de estoques de glicogênio por intermédio do agrupamento de moléculas de glicose.

Isto ocorre, por exemplo, quando após uma sessão de treinamento temos a ingestão adequada de nutrientes. Principalmente carboidratos e proteínas, onde os carboidratos serão convertidos em glicose e parte desta armazenada como glicogênio, e as proteínas fornecerão os aminoácidos necessários à hipertrofia muscular.

Os principais hormônios anabólicos são o hormônio do crescimento (GH), a testosterona, a insulina e o IGF-1.

O que é catabolismo?

O catabolismo é a fase do metabolismo onde o organismo libera e consome energia através do desmembramento de moléculas mais complexas, que resulta na obtenção de moléculas mais simples e uma maior disponibilidade de nutrientes ao organismo.

Dentre os principais hormônios catabólicos temos a adrenocorticotropina (ACTH) que ocasiona a secreção dos hormônios glicocorticoides, dentre os quais figura o tão conhecido cortisol.

Como exemplo de catabolismo, temos o processo de digestão dos alimentos, onde o organismo realiza o “desmonte” dos nutrientes presentes nos alimentos em moléculas mais simples que serão posteriormente usadas pelo metabolismo.

Durante um treinamento para manter a oferta de energia necessária, o organismo estará utilizando o processo anteriormente descrito.

O catabolismo também ocorre quando o organismo está sem energia suficiente e busca obtê-la por intermédio da destruição de seus próprios tecidos e reservas, acarretando a liberação de aminoácidos e glicose que serão convertidos em energia.

Devido a isto, dizemos que ninguém está “crescendo” ou aumentando a sua performance durante uma sessão de treinamento, já que essa é essencialmente catabólica. A recuperação muscular virá nos períodos de descanso onde o organismo, caso tenha a oferta adequada de nutrientes, estará em anabolismo.


Leia também:

Atualizado em: 29/01/2019 na categoria: Dicas

Aceita Receber os melhores e mais novos exercícios?