» » Recurso ergogênico: o que é e onde ele está presente?

Recurso ergogênico: o que é e onde ele está presente?

O nome ergogênico vem do grego ERGO (trabalho) e GEN (criação/produção de), ou seja, é uma melhora na produção de trabalho. Mesmo que possa soar estranho, recurso ergogênico é mais simples do que possa parecer e está em nossas vidas mais do que imaginamos.

Para melhor entendimento, esse é um recurso que facilita a forma de realizar ou facilitar mais trabalhos. Assim, é possível realizar um trabalho mais rápido e com um menor consumo de energia. Em nosso cotidiano, esse recurso está presente quando abrimos uma lata de leite condensado ou uma garrafa de vinho com o uso de um abridor e saca rolhas, por exemplo.

Já no meio esportivo o recurso ergogênico está presente na forma de melhorar o desempenho atlético, com o aumento da potência física, da vantagem mecânica e da força mental. Um exemplo é os tênis, antes eles tinham a função apenas de amortecer, hoje existem modelos para corrida, tênis para handbol, basquete, golfe, caminhada e outros. Eles têm a função também de dar equilíbrio para tipos de pisadas, evitando assim, problemas futuros de lesões e dores.

Essas substâncias artificiais, ou ergogénicas tem a função de melhorar o rendimento desportivo melhorando o controle, a eficiência e a produção energética. Esse recurso tem como propósito o aumento do rendimento através de uma intensificação de potencia física, do limite mecânico ou da força mental, retardando ou prevenindo o inicio da fadiga.

Esses suplementos não são dopantes, eles são importantes para a promoção da performance e da saúde. É indicado não somente para os atletas de alta competição, mas também para os amadores. Esse recurso tem o propósito de melhorar o rendimento físico, confira a lista de alguns meios, como:

  • Mecânicos: roupas que são desenhadas para melhorar o desempenho e também os tênis projetados especialmente para diferentes modalidades;
  • Nutricionais: algumas das opções nutricionais são os alimentos que visam conceder um aporte de massa muscular ou energético;
  • Farmacológicos: com uma concentração infinita de recursos com efeitos questionáveis ou comprovados, mas o fato é que todos trazem efeitos colaterais indesejados. Eles vão desde um cafezinho até drogas como a anfetamina, por isso que o recurso ergogênico tem sido objetos de estudo para os pesquisadores do assunto;
  • Psicológicos: existe uma relação estreita entre o estado psicológico e o desempenho físico de um indivíduo. Ou seja, para uma prova física, a motivação tem um papel muito importante.

Esse recurso existe desde o tempo das cavernas, quando o homem começou a competir. Desde há muito tempo atrás, o homem descobriu que aumentando a sua massa muscular ele não só teria uma beleza estética, mas também ganharia força para competir em lutas, por exemplo.

Entre os vários recursos ergogênicos, estão em: roupas esportivas, calçados esportivos, álcool, equipamentos esportivos, carboidratos, cafeínas, vitaminas, proteínas, anfetaminas, hormônios, hemácias adicionais, drogas, massagens, creatina fosfato, bebidas repositoras, dilatadores nasais, hipnose e aquecimento.

Em uma ginástica e na musculação também encontramos o recurso ergogênico. Ele é encontrado quando você usa luvas para malhar, pisos emborrachados, espelhos, colchonetes para abdominais e até mesmo no relógio que você usa para marcar o tempo de um exercício. Enfim, esse recurso está presente em todos os meios que usamos.

Atualizado em: 21/08/2018 na categoria: Treino de Musculação